Pistorius inicia prestação de serviços comunitários na África do Sul

sábado, 14 de novembro de 2015 12:23 BRST
 

JOHANESBURGO (Reuters) - O "Blade Runner" da África do Sul, Oscar Pistorius, iniciou neste sábado a prestação de serviços comunitários, prevista na sua liberdade condicional, depois de ter sido solto da prisão no mês passado, relatou a imprensa local.

O campeão paraolímpico recebeu a liberdade condicional depois de cumprir menos de um ano da sua sentença de cinco pelo "homicídio culposo" da sua namorada Reeva Steenkamp em 2013.

Promotores públicos apelaram contra a condenação de Pistorious por um crime menos grave, pedindo que a Corte Suprema o condene por assassinato e o envie de volta à prisão. 

Um vídeo num site de notícias local mostrou Pistorius, na sua primeira aparição pública desde a sua libertação, chegando a uma delegacia de polícia de Pretória e passando por repórteres e fotógrafos que o esperavam do lado de fora. 

Pistorius, chamado de "Blade Runner" por causa das próteses que usa para competir, foi libertado de acordo com as regras da sentença, que dizem que presos não perigosos devem ficar apenas um sexto da sua pena atrás das grades.