Após 8o lugar no grid do GP Brasil, Massa lamenta desequilíbrio do carro

sábado, 14 de novembro de 2015 18:23 BRST
 

Por Camila Moreira e Marcelo Teixeira

SÃO PAULO (Reuters) - O piloto brasileiro Felipe Massa lamentou a falta de equilíbrio de sua Williams no treino classificatório deste sábado para o Grande Prêmio do Brasil, que fez com que conseguisse apenas o oitavo lugar no grid de largada para a prova de domingo.

Massa teve problemas de acerto do carro durante todo o final de semana, sempre ficando atrás do companheiro de equipe Valtteri Bottas, e a equipe ainda não descobriu o problema.

"Mudei quase tudo no carro de ontem (sexta) para hoje (sábado), e a sensação é que ficou na mesma. Algo não está funcionando", disse Massa após o treino que definiu o grid, com Nico Rosberg em primeiro e Lewis Hamilton em segundo, ambos da Mercedes. Sebastian Vettel, da Ferrari, sairá em terceiro.

"E essa é uma pista em que sempre fui muito competitivo", afirmou o piloto sobre o familiar autódromo de Interlagos, onde o brasileiro já venceu duas vezes.

Segundo ele, o carro perde tempo precioso no segundo setor, onde estão as curvas são de baixa velocidade, o que ele não consegue compensar no trecho mais veloz.

Para a corrida, o piloto tem a esperança de que o carro possa melhorar com o passar das voltas. Nem sempre o carro mais veloz nas poucas voltas de uma classificação consegue manter o alto desempenho em trechos longos, explica.

E com o calor registrado neste final de semana, as trocas de pneus também serão um fator que pode alterar o resultado, já que é esperado desgaste significativo dos compostos.

Massa espera por três trocas e pretende utilizar os pneus médios na maior parte da corrida, deixando os macios somente para os primeiros momentos da prova.   Continuação...