Clubes alemães reforçam segurança após atentados e ameaça de bomba

quarta-feira, 18 de novembro de 2015 14:45 BRST
 

Por Karolos Grohmann

BERLIM (Reuters) - Vários dos times de futebol da primeira divisão do Campeonato Alemão estão reforçando a segurança na véspera das partidas desta semana em resposta aos ataques fatais em Paris e a uma ameaça de bomba que obrigou o cancelamento de um amistoso entre Alemanha e Holanda na terça-feira.

A seleção campeã do mundo teve que ser protegida pela segunda vez em quatro dias --o time jogava na capital francesa na sexta-feira passada, durante os atentados que mataram pelo menos 129 pessoas.

"Queremos deixar claro que no momento não há indicações específicas de que há algum perigo para o jogo contra o Hanover no sábado", informou o diretor-executivo do Borussia Moenchengladbach, Stephan Schippers, em um comunicado. "Entretanto, por causa dos acontecimentos dos últimos dias e da situação atual, decidimos aumentar a segurança."

Os torcedores devem estar preparados para esperar mais do que o normal para entrar no estádio, já que as verificações ao redor da arena serão reforçadas, e os portões abrirão mais cedo para que a operação de segurança possa ser finalizada antes do pontapé inicial.

O Gladbach é um de vários times da liga alemã, incluindo Colônia e Hamburgo, que estão revendo seus mecanismos de proteção.

"Os eventos foram um lembrete doloroso de como todos nós somos ou podemos ser diretamente afetados", declarou o Hamburgo em um comunicado.