Messi enfrentará julgamento em maio por suposto crime tributário

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016 16:43 BRST
 

MADRI (Reuters) - O jogador do Barcelona Lionel Messi enfrentará em maio um julgamento por três supostos crimes contra a Fazenda Pública da Espanha somando mais de 4 milhões de euros, disse nesta quarta-feira o Tribunal Superior de Justiça da Catalunha.

No comunicado, o tribunal disse que o julgamento contra o jogador argentino e seu pai, Jorge Horacio Messi, acontecerá entre 31 de maio e 3 de junho em Barcelona.

As datas podem ser alteradas caso a defesa alegue coincidências de calendário. A data do julgamento é três dias depois da final da Liga dos Campeões, torneio que tem o Barcelona como atual campeão.

Em uma prévia do julgamento, o Advogado do Estado, que representa os interesses da Fazenda Espanhola, pediu 7 meses e 15 dias de prisão para pai e filho por cada um dos três crimes de que são acusados, além de uma multa referente ao montante que teria sido fraudado e à perda da possibilidade de obter subvenções ou ajudas públicas por um anos e seis meses.

O Ministério Fiscal pediu o encerramento e o arquivamento do procedimento para Messi, embora tenha pedido 18 meses de prisão e multas de mais de 2 milhões de euros para o pai do jogador por uma suposta fraude de 4,2 milhões de euros entre 2007 e 2009.

(Reportagem de Rodrigo de Miguel)

 
Messi em partida do Barça contra Espanyol  no Camp Nou, Barcelona
6/1/2016 REUTERS/Albert Gea