Renzi apoia candidatura de Roma para os Jogos Olímpicos de 2024 como investimento

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016 17:22 BRST
 

Por Stephanie Nebehay

LAUSANNE, Suíça (Reuters) - O primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, endossou nesta quinta-feira a candidatura de Roma para sediar os Jogos Olímpicos de 2024, afirmando que os países europeus devem investir tanto nos esportes e na cultura quanto na segurança.

Renzi lidera a delegação italiana na sede do Comitê Olímpico Internacional (COI) em Lausanne, onde ele fez sua apresentação ao presidente do comitê, Thomas Bach, e altos funcionários.

"Acredito que esta é a vez de Roma. Esta é a minha posição pessoal. Estamos prontos, estamos dentro. E acho que também somos o candidato mais forte, com todo respeito a Paris, Los Angeles e Budapeste”, disse Renzi à Reuters.

A tentativa da Itália de sediar os Jogos Olímpicos de 2024 é uma oportunidade para varrer os escândalos que atormentam a capital italiana, disse na semana passada Luca Cordero di Montezemolo, diretor da candidatura de Roma. Montezemolo, ex-presidente da Ferrari, disse que custaria 24,9 milhões de euros (26,96 milhões de dólares) para a cidade se candidatar.

 
Primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, fala com jornalistas durante visita à sede do Comitê Olímpico Internacional (COI) em Lausanne, na Suíça. 21/01/2016 REUTERS/Pierre Albouy