Juiz determina que Neymar e pai paguem R$460 mil à Receita Federal

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016 13:01 BRST
 

(Reuters) - Um juiz federal de São Paulo decidiu que o atacante Neymar e o pai dele, Neymar da Silva Santos, têm de pagar quase 460 mil reais à Receita Federal devido à omissão de rendimentos em declarações do Imposto de Renda nos anos de 2007 e 2008, quando o jogador defendia o Santos.

O atacante do Barcelona e o pai recorreram à Justiça para contestar a cobrança da Receita, mas o juiz Bruno Cezar da Cunha Teixeira, da 4ª Vara Federal em São Paulo, determinou no dia 15 de janeiro que as razões apresentadas pelos autores da ação "não merecem acolhimento", e o lançamento da Receita está correto.

O valor devido pelo pai de Neymar é de 266,3 mil reais, enquanto o jogador deve um montante de 193,3 mil reais, de acordo com despacho do magistrado. O pai do atacante está envolvido no caso porque no ano-base de 2007 o jogador era declarado como seu dependente.

Neymar e o pai alegam que os valores não declarados à Receita se referem a pagamentos feitos à empresa NR Sports, e não diretamente ao jogador, sendo considerado indevidamente pela Receita como parte da remuneração do jogador, mas o juiz descartou o argumento.

Além da ação referente aos períodos de 2007 e 2008, Neymar teve 189 milhões de reais bloqueados pela Justiça Federal em setembro de 2015 em uma outra ação sobre suposta sonegação de impostos entre 2011 e 2013. Essa ação cobra de Neymar 63,5 milhões em imposto de renda devido e outros 125,3 milhões em multas e juros, totalizando um pagamento exigido de 188,8 milhões de reais relativos a fatos ocorridos nos anos-calendários de 2011 a 2013.

Neymar também é parte de uma investigação na Espanha que levou à renúncia do ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell também por suspeita de sonegação fiscal. Rosell e o clube foram acusados de fraudar a Receita espanhola em cerca de 13 milhões de euros.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

 
Neymar em coletiva em Zurique
 11/1/2016 REUTERS/Arnd Wiegmann