Djokovic frustra reação de Federer e vai à final do Aberto da Austrália

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016 10:44 BRST
 

Por Ian Ransom

MELBOURNE (Reuters) - O atual campeão Novak Djokovic frustrou uma tentativa de reação de Roger Federer e derrotou o suíço em parciais de 6-1, 6-2, 3-6 e 6-3 na semifinal do Aberto da Austrália nesta quinta-feira, garantindo vaga em sua quinta final consecutiva de um torneio do Grand Slam.

Ao abrir vantagem de dois sets em uma hora, Djokovic parecia destinado a selar uma vitória humilhante, mas Federer passou a subir à rede e reagiu brilhantemente no terceiro set, contando com o apoio de uma plateia claramente a seu favor na Arena Rod Laver.

Em um quarto set eletrizante, Djokovic quebrou o serviço de Federer no oitavo game aproveitando uma bola desviada na rede que lhe deu um break point crucial, e encerrou a partida com um game sem perda de pontos, em 2 horas e 19 minutos.

"Com certeza joguei dois primeiros sets incríveis, mas isso é o necessário contra Roger", disse Djokovic em entrevista na quadra depois de marcar um encontro na decisão com o vencedor da disputa entre Andy Murray e Milos Raonic.

"Eu sabia que ele ia ser agressivo, tentar variar o ritmo e vir para a rede. Executei tudo perfeitamente. Uma dianteira de dois sets é mais confortável, mas foi uma batalha no final", afirmou.

 
Sérvio Novak Djokovic e suíço Roger Federer após partida do Aberto da Austrália. 28/01/2016 REUTERS/Tyrone Siu