Governo reconhece impacto do Zika na Olimpíada, mas descarta cancelar Jogos

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016 19:32 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O governo federal reconheceu nesta segunda-feira ter preocupação com o impacto do Zika vírus na Olimpíada deste ano no Rio de Janeiro, mas descarta cancelar o evento marcado para agosto por causa da doença, disse o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner.

Ele participou de reunião de ministros com a presidente Dilma Rousseff por conta do Zika, declarado nesta segunda uma emergência global de saúde pública pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Wagner disse que Dilma fará pronunciamento em cadeia nacional para pedir mobilização no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor do Zika, doença que tem sido vinculada a casos de microcefalia em recém-nascidos.

(Reportagem de Leonardo Goy)