Federer passa por cirurgia no joelho e fica fora de ação por um mês

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016 12:31 BRST
 

Por Pritha Sarkar

LONDRES (Reuters) - Roger Federer ficará fora de ação por até um mês após passar por uma cirurgia de artroscopia no joelho na Suíça para reparar um rompimento do menisco, disse nesta quarta-feira seu empresário, Tony Godscick, à Reuters.

O suíço, 17 vezes campeão de torneios do Grand Slam, sofreu a lesão fora das quadras, um dia após ser eliminado do Aberto da Austrália na semifinal, na semana passada.

Federer se retirou dos torneios de Roterdã e Dubai, em fevereiro, devido à operação.

"Estou muito desapontado em perder Roterdã e Dubai, porque são dois do meus torneios favoritos no ATP World Tour", disse Federer, que é o atual campeão em Dubai.

"Apesar de ser um infeliz retrocesso, me sinto grato por até agora ter passado a maior parte da minha carreira de forma saudável", acrescentou o tenista, de 34 anos.

"Meus médicos garantiram que a cirurgia foi um sucesso e com reabilitação certa, posso voltar logo ao Tour".

O tenista número 3 do mundo raramente perdeu torneios por questões de saúde em sua marcante carreira profissional de 18 anos.

 
Roger Federer em partida contra Novak Djokovic no Aberto da Austrália.    28/01/2016      REUTERS/Thomas Peter