Atletas olímpicos da Nova Zelândia vão discutir risco do Zika vírus

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016 21:12 BRST
 

WELLINGTON (Reuters) - Atletas e dirigentes olímpicos da Nova Zelândia serão informados sobre o risco do Zika vírus na sexta-feira como parte de suas discussões regulares antes dos Jogos do Rio de Janeiro, informou o Comitê Olímpico da Nova Zelândia (NZOC).

A propagação do vírus em toda a América Latina e o Caribe têm colocado os Jogos Olímpicos do Rio no centro das atenções, e as autoridades trabalham para erradicar o mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti.

Uma porta-voz do NZOC disse que o vírus seria discutido com atletas e dirigentes em Christchurch na sexta-feira.

"Nós não tivemos quaisquer perguntas diretas de atletas querendo ficar em casa, mas, certamente, a obtenção de informações é importante para que as pessoas saibam com o que estão lidando", disse ela.

O NZOC está em contato regular com o Departamento de Relações Exteriores da Nova Zelândia e o Ministério da Saúde sobre o surto do vírus, que tem sido associado à microcefalia, uma má-formação cerebral, em bebês no Brasil.

O governo da Nova Zelândia aconselhou gestantes e mulheres que planejam gravidez a não viajar para as áreas afetadas.

(Reportagem de Greg Stutchbury)