Em batalha de técnicos holandeses, Chelsea empata com Manchester United nos acréscimos

domingo, 7 de fevereiro de 2016 17:24 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Um gol nos acréscimos convertido por Diego Costa deu ao Chelsea um empate de 1 x 1 contra o Manchester United no domingo, preservou o histórico sem derrotas do técnico holandês Guus Hiddink e negou ao seu compatriota Louis van Gaal uma preciosa vitória.

O resultado também tirou do United a primeira vitória sobre seu grandes rival nos 10 encontros em torneios na Inglaterra ao longo dos últimos três anos.

Jesse Lingaard marcou um belo gol para os visitantes após quase uma hora de jogo, mas, no primeiro minuto dos acréscimos, Costa conseguiu arrancar um empate para os donos da casa e manteve Hiddink com um histórico imbatível desde que retornou como técnico interino em dezembro. 

O Chelsea, que perdeu o defensor Kurt Zouma para uma série lesão no joelho, está agora em 13º lugar, uma posição difícil para um time que tem que defender seu título. 

O United foi para quinto lugar, seis pontos atrás do Manchester City e da zona de classificação para a Liga dos Campeões. 

"Eles começaram bem, mas quando o jogo avançou nós crescemos com ele", disse o capitão do Chelsea John Terry à Sky Sports. "Foi uma ótima resposta, mostramos esse caráter desde que o técnico chegou e isso é algo bom de se ver."

O gol de empate de Costa foi um banho de água fria, no entanto, para Lingaard.

"Ceder um gol no fim da partida é como uma derrota, mas temos que seguir em frente para o próximo jogo", disse ele. "Estamos jogando bem melhor agora. Como um grupo, estamos nos saindo bem."