Lesionado, Bale não voltará às pressas ao time do Real, diz Zidane

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016 18:44 BRST
 

MADRI (Reuters) - O Real Madrid não correrá nenhum risco ao apressar a volta de lesão do meia-atacante Gareth Bale e o jogador da seleção do País de Gales só retornará à equipe quando estiver pronto, disse o técnico da equipe, Zinedine Zidane.

Bale não joga desde o dia 17 de janeiro depois de machucar a panturrilha na partida contra o Sporting Gijón pelo Campeonato Espanhol. A imprensa espanhola afirmou que Bale, cuja carreira no clube espanhol tem sido marcada por lesões, sofreu um revés em seu processo de recuperação.

Zidane disse que o Real precisa estar "calmo" em relação à contusão que "tem acontecido por um pouco mais de tempo para ele".

"Se ele estiver desconfortável e isso o machucar, é normal que ele possa ter um revés", disse Zidane em entrevista coletiva nesta sexta-feira. "Ele é um jogador muito importante para nós e não vamos correr riscos. Queremos ele a 100 por cento, não a 80 ou 85."

Zidane disse que Bale está "com um bom espírito", embora deva desfalcar a equipe na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões contra a Roma, na Itália, na quarta-feira.

"Todo jogador tem um processo diferente de recuperação e ele tem sofrido com as dores. Não há necessidade de manter isso", disse o francês. "Precisamos dar tempo a ele."

O Real está em terceiro lugar no Campeonato Espanhol, quatro pontos atrás do líder Barcelona, e receberá o sexto colocado Athletic Bilbao no sábado.

(Reportagem de Justin Palmer)

 
Bale se machuca em jogo do Real Madrid contra Sporting Gijón.  17/01/16.  REUTERS/Andrea Comas