Nadador de Cingapura contrai dengue e pode não ir à Rio 2016

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016 11:16 BRST
 

CINGAPURA (Reuters) - Um nadador de Cingapura viu suas chances de se classificar para a Olimpíada do Rio de Janeiro de 2016, ameaçada pelo Zika vírus, dificultada por outra doença transmitida pelo mosquito aedes aegypti – a dengue.

Danny Yeo, especialista em estilo livre de 25 anos, contraiu o vírus duas semanas atrás e disse ser improvável que esteja 100 por cento bem para sua última prova classificatória de Cingapura para os Jogos, entre 16 e 20 de março.

"Se eu dissesse que isso não vai me afetar, estaria mentindo", disse o nadador, segundo a edição desta segunda-feira do jornal Straits Times.

Yeo conquistou dois ouros no revezamento estilo livre nos Jogos Sul-Asiáticos do ano passado, e já tinha alcançado o índice classificatório olímpico 'B' nas provas de 100m, 20m0 e 400m estilo livre, o que lhe dava a chance de brigar por uma vaga na Rio 2016.

Ele esperava chegar ao índice olímpico 'A' para garantir sua participação na Olimpíada do Rio, onde os organizadores vêm tentando apaziguar os temores dos atletas desde que a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o Zika vírus uma emergência de saúde pública mundial que pode infectar até quatro milhões de pessoas nas Américas.

Embora o Zika vírus seja passado de mosquitos para seres humanos, dois casos nos Estados Unidos indicaram a possibilidade de transmissão por via sexual.

A doença também preocupa pela possível ligação entre contaminação na gravidez e ocorrência de microcefalia – uma má-formação craniana.

(Por Patrick Johnston)