Uefa abre ação disciplinar contra jogador russo por homenagem a Putin

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016 14:47 BRST
 

Por Dmitriy Rogovitskiy

MOSCOU (Reuters) - A Uefa, entidade que administra o futebol europeu, está adotando procedimentos disciplinares contra Dmitri Tarasov, meio-campista do Lokomotiv Moscow, por usar uma camiseta louvando o presidente russo, Vladimir Putin, após uma partida da Liga Europa na Turquia.

Tarasov, de 28 anos, retirou a camisa de seu time ao final do jogo contra o Fenerbahçe na competição de times europeus de segunda divisão em Istambul na terça-feira, revelando uma foto de Putin e as palavras "o presidente mais educado".

    As relações diplomáticas entre a Rússia e a Turquia azedaram depois que um caça russo foi abatido pela Força Aérea turca em novembro passado.

    "Este é o meu presidente. Eu o respeito e decidi mostrar que estou pronto para apoiá-lo onde quer que esteja. Escrevi nesta camiseta tudo que queria dizer", declarou Tarasov depois de seu clube perder de 2 x 0 na partida de ida das quartas de final.

    A agência de notícias esportivas russa R-Sport citou uma fonte da Uefa segundo a qual Tarasov pode ser afastado por um mínimo de 10 jogos e que o Lokomotiv também pode receber sanções.