Brasil pega Equador, Haiti e Peru em grupo fácil na Copa América do Centenário

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016 11:59 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O Brasil vai enfrentar Equador, Haiti e Peru no Grupo B da Copa América do Centenário, em uma chave em que não deve ter grandes obstáculos para avançar, segundo sorteio realizado no domingo.

Atual detentor do título, o Chile voltará a medir forças com a Argentina, que derrotou no ano passado para conquistar seu primeiro troféu continental, no Grupo D da competição, enquanto os Estados Unidos caíram no grupo mais complicado da etapa inicial.

A brasileira, que teve uma atuação apagada na Copa América de 2015, estreará em 4 de junho diante do combinado equatoriano, no mesmo dia em que o Peru enfrenta o Haiti. A equipe do técnico Dunga irá encarar os haitianos em 8 de junho, e quatro dias mais tarde encerra a fase de grupos enfrentando o Peru.

Argentina e Chile estreiam no dia 6 de junho reeditando o confronto disputado em Santiago, no qual o time da casa conquistou a Copa América vencendo a disputa de pênaltis na sequência de um empate sem gols. Panamá e Bolívia completam a chave.

Depois da partida com os argentinos, o Chile joga contra a Bolívia em 10 de junho e quatro dias depois confronta o Panamá.

Já a Argentina, que tentará voltar a conquistar o troféu que levantou 14 vezes, mas que não obtém desde 1993, joga contra o Panamá em 10 de junho e contra a Bolívia no dia 14 do mesmo mês.

O sorteio determinou que os Estados Unidos farão parte de um complicado Grupo A com Colômbia, Costa Rica e Paraguai.

Os norte-americanos darão início ao torneio enfrentando a Colômbia no dia 3 de junho em Santa Clara, na Califórnia. A seleção colombiana do treinador José Pekerman irá encarar os paraguaios quatro dias depois e encerrará sua participação na rodada inicial no dia 11 diante da Costa Rica.

O México, cabeça do Grupo C, confrontará Uruguai, Jamaica e Venezuela. Duas vezes finalistas da Copa América, os mexicanos irão estrear em 5 de junho frente ao Uruguai, o maior vencedor da Copa América com 15 títulos. Quatro dias mais tarde o México enfrentará a Jamaica, e no dia 13 de junho disputará sua partida final no grupo com a Venezuela.

Já os uruguaios irão desafiar Venezuela e Jamaica antes do embate com o México.

(Por Javier Leira)