February 25, 2016 / 3:42 PM / a year ago

Estrela do futebol dos EUA pode não participar da Olimpíada do Rio por medo do Zika

3 Min, DE LEITURA

Hope Solo em aquecimento para eliminatória EUA x Canadá USA TODAY Sports

WASHINGTON (Reuters) - Hope Solo, renomada goleira de futebol da seleção feminina dos Estados Unidos, disse nesta quinta-feira que é improvável que se junte a suas colegas de equipe que virão para a Olimpíada do Rio de Janeiro sem ter mais informações sobre o Zika vírus, já que pretende ter filhos e está preocupada com os efeitos da doença.

"Até eu saber mais, não me sinto realmente capaz de tomar uma decisão bem informada... se as coisas continuarem como estão agora, provavelmente não irei", afirmou em uma entrevista no programa "This Morning", da rede de televisão CBS.

     Hope, goleira de 34 anos que ajudou a seleção de seu país a conquistar a Copa do Mundo de sua modalidade no último verão setentrional, disse que não irá tomar uma decisão final de imediato.

A atleta tem esperança de que medidas adequadas serão adotadas para conter o surto do Zika durante os cinco meses que antecedem o início dos Jogos no Brasil, onde o vírus transmitido por mosquitos vem sendo ligado a milhares de casos de microcefalia –uma má-formação craniana.

O Comitê Olímpico dos EUA comunicou as federações esportivas que os atletas e funcionários preocupados com sua saúde devem cogitar não ir ao Rio.

    "Espero que tenhamos respostas claras e concretas muito em breve", disse ela. "Estou um pouco cética, para ser honesta... é assustador, e tenho muitas reservas sobre ir à Olimpíada", disse, citando o alerta emitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) na quarta-feira de que a epidemia de

Zika deve piorar antes de melhorar.

A OMS declarou o surto de Zika uma emergência de saúde pública mundial no dia 1º de fevereiro, citando uma forte suspeita de relação entre a infecção de Zika na gravidez e a microcefalia. Cientistas também estudam um elo em potencial com a síndrome de Guillain-Barré, uma doença que leva o sistema nervoso a atacar os nervos e que pode causar paralisia.

Uma das futebolistas mais famosas do mundo, Hope contou que nem todas suas colegas de seleção, que tem idades variadas e podem não desejar filhos, deixarão de competir, e que o time continua determinado a conquistar o ouro olímpico no embalo de seu título mundial.

    "Antes de tudo, queremos ser campeãs consecutivas. Isso nunca foi feito, e quero ser parte disso", afirmou ela à CBS.

Hope disse que quer formar uma família em algum momento. Ela é casada com Jerramy Stevens, ex-jogador de futebol americano de 35 anos.

    "Não quero ficar preocupada, não quero essa ansiedade, não quero os exames constantes. Não quero ameaçar a segurança de uma criança, a saúde de uma criança", afirmou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below