Rússia corta custos da Copa do Mundo em US$79 milhões

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016 18:44 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A Rússia decidiu cortar seus gastos na Copa do Mundo de 2018 em 6 bilhões de rublos (79 milhões de dólares), em um decreto divulgado em um site do governo nesta quinta-feira.

A Rússia já fez cortes em seu orçamento para o torneio, com a queda nos preços de suas exportações de petróleo e sanções ocidentais impostas a Moscou devido a seu papel na crise ucraniana apertando a economia e as receitas do governo.

Os custos totais da Copa do Mundo de 2018 foram reduzidos agora para 620,9 bilhões de rublos (8,2 bilhões de dólares), ante 626,9 bilhões de rublos, mostrou o decreto publicado nesta quinta-feira.

A Rússia conquistou o direito de receber o torneio em 2010 e desenvolveu o ambicioso plano de reconstruir estádios e hotéis. De acordo com a agência de notícias Interfax, o decreto original do governo, assinado em 2013, estabeleceu os custos em 664 bilhões de rublos, mas desde então este número foi reduzido diversas vezes.

(Por Polina Devitt)

 
Vista da Zenit Arena no estádio de São Petersburgo que está sendo construído para a Copa do Mundo de 2018.  26/7/2015.  REUTERS/Stringer