Dortmund deslancha no fim e vence Hoffenheim por 3 x 1

domingo, 28 de fevereiro de 2016 16:50 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O Borussia Dortmund fez três gols nos últimos dez minutos de jogo para virar o placar e vencer o Hoffenheim, que tinha apenas 10 em campo, por 3 x 1 neste domingo, permanecendo assim como o solitário perseguidor do líder disparado Bayern de Munique.

Os gols de Henrikh Mkhitaryan, Adrian Ramos e Pierre-Emerick Aubameyang completaram a dramática virada dos donos da casa, que agora chegam a 54 pontos, oito a menos do que o atual campeão Bayern, que subiu para 62 após a vitória por 2 x 0 sobre o Wolfsburg no sábado.

O Dortmund só pavimentou o caminho da vitória depois que Sebastian Rudy, do Hoffenheim, foi de herói, ao marcar o gol da equipe aos 25 minutos, a vilão, ao ser expulso aos 12 minutos da segunda etapa.

Rudy abriu o placar aproveitando rebote que o goleiro Roman Buerki largou, dentro da pequena área. 

O atacante Kevin Volland quase ampliou para os visitantes três minutos depois, mas desta vez Buerki salvou o perigo para os donos da casa.

O treinador do Dortmund Thomas Tuchel colocou o armador Ilkay Gundogan no intervalo de jogo, e ele quase marcou aos três minutos da segunda etapa, balançando a trave após driblar três adversários. 

Rudy então derrubou o sempre ameaçador Aubameyang no círculo central e viu o árbitro mostrar-lhe o cartão vermelho direto.

Foi um sinal para o Dortmund intensificar sua pressão, mas a equipe teve de esperar até os 35 minutos do segundo tempo para se aproveitar da vantagem numérica, quando Gundogan deu passe para o armênio Mkhitaryan empatar a partida.

O colombiano Ramos, que saiu do banco de reservas aos 29 da segunda etapa, fez 2 x 1 a cinco minutos do apito final, emendando de cabeça um lindo cruzamento de Lukasz Piszczek, antes de Aubameyang anotar seu 22 gol da temporada com um arremate já nos acréscimos.   Continuação...