Rússia investigará se exames positivos de meldonium são "provocações" contra seus atletas

sábado, 12 de março de 2016 15:31 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A Rússia disse que há uma questão política na decisão da agência internacional anti-doping WADA de banir o uso da droga meldonium e que investigará se os exames positivos das suas estrelas esportivas podem ter sido uma "provocação".

O vice-primeiro ministro russo Arkady Dvorkovich disse à agência russa R-Sport que oficiais da lei já estão investigando como a substância meldonium entrou nos corpos de esquiadores russos. Disse que cada caso seria investigado para estabelecer se os competidores tiveram culpa ou se "foram provocados por pessoas não-identificadas", de acordo com o R-Sport.

Personalidades do esporte russo foram flagrados usando meldonium desde que a substância entrou na lista de drogas proibidas, em 1º de janeiro, inclusive a esquiadora Ekaterina Bobrova, o esquiador de velocidade Pavel Kulizhnikov e os esquiadores de curta distância Semion Elistratov e Ekaterina Konstantinova.