Nosso papel é ajudar Neymar a fazer os gols pela seleção, diz Douglas Costa

terça-feira, 22 de março de 2016 16:59 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os meias da seleção brasileira têm o papel de ajudar Neymar a fazer os gols que o time precisa para chegar às vitórias, disse nesta terça-feira o meio-campista Douglas Costa, um dos cotados para exercer essa função no time comandado pelo técnico Dunga.

"Ele (Neymar) tem mais gols e mais capacidade de fazer gols que nós. Nosso papel é criar muitas oportunidades para ele poder fazer os gols”, disse o jogador do Bayern de Munique a jornalistas em entrevista coletiva no centro de treinamento da seleção na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

Douglas Costa foi titular em algumas partidas da seleção em 2015 durante período em que Neymar estava suspenso de jogos pelo Brasil em decorrência de expulsão na Copa América do Chile.

O jogador agora vive a expectativa de se manter entre os 11 titulares do técnico Dunga nas eliminatórias da Copa do Mundo. O Brasil recebe na sexta-feira o Uruguai em Recife e joga na terça contra o Paraguai em Assunção.

Quem já tem vaga praticamente certa é o goleiro Alisson, do Internacional, que conseguiu aos poucos conquistar seu espaço no time e desbancou o experiente Jefferson, que não foi chamado por Dunga para os próximos jogos.

“Certeza de que vou jogar só vou saber momentos antes da partida. Vou me preparar como se fosse jogar. Fico feliz de ter feito bons jogos, de ter respaldo da equipe e do lado de fora”, disse o goleiro nesta terça.

“Encaro concorrência de maneira positiva. É muito sadia a disputa com grande atletas, em alto nível exige mais e nosso crescimento é muito maior”, acrescentou Alisson, que tem como concorrentes Marcelo Grohe e Diego Alves pela vaga de titular.

Pela frente contra o Uruguai o goleiro brasileiro terá o atacante Luis Suárez, que integra o badalado trio de frente do Barcelona ao lado de Neymar e do argentino Lionel Messi.

Alisson afirmou que os defensores de seleções e clubes estão estudando cada vez mais os atacantes adversários, e com Suárez não será diferente.

“Para o goleiro é sempre bom ter um grande desafio pela frente... Suárez é um grande jogador e vai ser um grande desafio para nós”, disse. “Quanto mais informação se tem mais bem sucedido você se sai, e quanto se sabe do adversário isso vai ao nosso favor".

(Por Rodrigo Viga Gaier)

 
Douglas Costa concede entrevista em Teresópolis.  22/3/16.  REUTERS/Ricardo Moraes