Técnico do Chile diz que empate com a Argentina de Messi não satisfaz time

quarta-feira, 23 de março de 2016 18:40 BRT
 

SANTIAGO (Reuters) - A seleção chilena não vai se satisfazer com um empate quando receber esta semana a poderosa Argentina, de Lionel Messi, pela quinta rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, apesar dos vários desfalques entre os chilenos, afirmou o técnico do Chile, Juan Antonio Pizzi, nesta quarta-feira.

O Chile, que no ano passado ganhou pela primeira vez a Copa América depois de vencer nos pênaltis a final contra a Argentina, não contará na quinta-feira no Estádio Nacional com quatro jogadores, o que torna a situação ainda mais complicada para o técnico estreante.

"Nenhum jogador ou membro da comissão técnica da Argentina vai se satisfazer com um empate. Nós também não”, afirmou Pizzi à imprensa em Santiago.

"Tenho consciência de que vamos enfrentar uma das melhores seleções do mundo, mas tenho confiança. Vamos lutar para ganhar o jogo”, acrescentou.

Na partida com a Argentina, o Chile não contará com os meias Arturo Vidal, Charles Aránguiz, Jorge Valdívia e com o atacante Eduardo Vargas.

 
Técnico do Chile, Pizzi, durante sua apresentação em Santiago.  5/2/2016. REUTERS/Ivan Alvarado