Johan Cruyff, lenda do futebol holandês, morre aos 68 anos

quinta-feira, 24 de março de 2016 10:58 BRT
 

AMSTERDÃ (Reuters) - O lendário ex-jogador e técnico holandês Johan Cruyff morreu aos 68 anos em decorrência de um câncer de pulmão, de acordo com uma mensagem publicada nesta quinta-feira no site oficial do maior nome do futebol da Holanda em todos os tempo.

A página diz que Cruyff morreu em Barcelona, cercado pela família.

Como jogador, Cruyff foi a encarnação do "futebol total" holandês, um estilo de jogo concentrado na posse de bola e nos passes rápidos e que envolvia todo o time tanto no ataque quanto na defesa.

Cruyff emergiu como um dos grandes do esporte no início dos anos 1970, quando ajudou o Ajax a conquistar três Copas da Europa consecutivas entre 1971 e 73, e foi eleito Jogador Europeu do Ano em 1971, 1973 e 1974.

Ele foi contratado pelo Barcelona pela quantia então recorde de 2 milhões de dólares, e foi o clube catalão que mais tarde definiu sua carreira de treinador – foi graças a ele que o Barça conquistou seu primeiro título no Campeonato Espanhol em quase 15 anos em 1974.

Cruyff também foi um jogador essencial na grandiosa seleção holandesa que chegou à final da Copa do Mundo de 1974, quando uma audiência global o viu realizar o hoje famoso "giro Cruyff", no qual o jogador engana o zagueiro com um giro de 180 graus.

Cruyff fumava muito e passou por uma cirurgia cardíaca em 1991. Sua morte ocorreu menos de seis meses depois de ele anunciar ter sido diagnosticado com câncer de pulmão.

(Por Toby Sterling)

 
Ex-jogador e treinador holandês Johan Cruyff, que morreu aos 68 anos. 22/07/2006 REUTERS/Toby Melville