Messi, Suárez e Neymar não são máquinas, diz Luis Enrique

segunda-feira, 4 de abril de 2016 13:26 BRT
 

Por Richard Martin

BARCELONA (Reuters) - Lionel Messi, Neymar e Luis Suárez marcaram 107 gols nesta temporada, mas após o famoso trio do Barcelona falhar em marcar na derrota para o Real Madrid no fim de semana, o técnico Luis Enrique defendeu os jogadores, dizendo que "não são máquinas".

Luis Enrique disse que não está preocupado com a situação física da sua linha de ataque após a performance abaixo da média na derrota por 2 x 1, no sábado.

Mesmo com 107 gols entre o trio em todas as competições nesta temporada, sendo 37 de Messi, 43 de Suárez e 27 de Neymar, o único gol do time catalão na partida contra o Real foi do zagueiro Gerard Piqué.

"Eles não são máquinas, são os melhores jogadores de suas posições, mas não são imbatíveis ou insuperáveis", disse Luis Enrique durante entrevista coletiva nesta segunda-feira.

"Acho que meus jogadores estão em condições perfeitas. Tínhamos esquecido o que é perder, mas quando você perde, você lembra como é difícil ganhar, e todos esperamos que a derrota sirva como um estímulo. Olhando para o que fizemos nos últimos meses, estou otimista".

 
Jogadores do Barcelona Messi, Suárez e Neymar durante treino da equipe. 01/04/2016 REUTERS/Albert Gea