A pedido do COI, Engenhão deve receber "banho de loja" para Olimpíada

terça-feira, 12 de abril de 2016 14:38 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O estádio olímpico do Rio de Janeiro vai precisar de um "banho de loja" para a Olimpíada de agosto, disse nesta terça-feira o comitê organizador dos Jogos, que busca junto à prefeitura do Rio qual seria a solução de menor custo para a pintura de partes de concreto da arena conhecida como Engenhão.

O assunto foi um dos principais temas abordados em reunião das autoridades locais com representantes do Comitê Olímpico Internacional (COI) que estão no Rio de Janeiro esta semana para a última visita de inspeção dos preparativos da Olimpíada.

Representantes da organização dos Jogos foram alertados para a demanda dos dirigentes internacionais e agora tentam encontrar a alternativa mais barata.

“O Engenhão é uma questão de como fazer e quem vai pagar a finalização, o banho de loja”, disse a jornalistas o diretor de comunicação do comitê Rio 2016, Mario Andrada.

O estádio olímpico está atualmente em obras para a ampliação da capacidade da arquibancada e instalação da nova pista de atletismo, mas a reforma não prevê pintura da fachada de concreto. A arena foi construída para os Jogos Pan-Americanos de 2007, mas a obra só ficou pronta em cima da hora e com estouro no orçamento.

Poucos anos depois, em 2013, a arena foi fechada por problemas estruturais na cobertura e precisou ficar interditada por quase dois anos para reparos.

Segundo o presidente da Autoridade Pública Olímpica (APO), Marcelo Pedroso, a atenção do COI está voltada para algumas marcas visíveis nas partes de concreto do estádio.

“Eles gostariam de uma pintura e há alternativas e mecanismos sendo estudados entre a prefeitura e comitê organizador. A questão é custo. Eles querem um pintura onde não há pintura. É concreto. Não vejo isso como algo tão crucial ou essencial“, afirmou.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, deixou a reunião desta terça com o COI defendendo o menor custo para a solução do problema, e cogitou a colocação de painéis com imagens dos Jogos para cobrir os locais onde o concreto original é dominante.   Continuação...

 
Estádio olímpico passa por reparos para os Jogo do Rio. 9/11/2015.  REUTERS/Sergio Moraes