Alonso recebe liberação provisória para correr no GP da China

quinta-feira, 14 de abril de 2016 12:35 BRT
 

Por Abhishek Takle

XANGAI (Reuters) - Fernando Alonso foi liberado provisoriamente para competir no Grande Prêmio da China, no próximo domingo, após ser impedido de correr a prova anterior no Barein por conta de ferimentos sofridos em uma batida na Austrália no mês passado.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) comunicou nesta quinta-feira, depois do piloto da McLaren passar por exames no circuito de Xangai, que a autoridade médica o considerou "provisoriamente apto a participar".

O comunicado acrescentou, porém, que o bicampeão mundial terá que ser examinado novamente logo após o primeiro treino livre de sexta-feira "para determinar se ele continuará apto".

O espanhol se envolveu em um acidente impressionante no circuito de Melbourne no dia 20 de março que resultou em fraturas em algumas costelas e risco de um colapso pulmonar.

Ele foi substituído pelo piloto reserva, o belga Stoffel Vandoorne, que fez sua estreia na F1 e marcou o primeiro ponto da McLaren na atual temporada ao chegar na décima colocação.

Alonso disse a repórteres em Xangai que se sente pronto mas que irá obedecer qualquer decisão dos médicos.

 
Fernando Alonso durante evento no Barein.    31/03/2016      REUTERS/Hamad I Mohammed