Cesar Cielo falha nos 50m livre e fica fora da Olimpíada do Rio

quarta-feira, 20 de abril de 2016 20:28 BRT
 

Por Caio Saad

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O principal nadador brasileiro, Cesar Cielo, está fora dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, após ficar em terceiro lugar na prova dos 50 metros livre do Troféu Maria Lenk, nesta quarta-feira.

    Cada país tem direito a dois nadadores por prova nas Olimpíadas, então os representantes do Brasil nos 50m serão os primeiros colocados Bruno Fratus e Ítalo Duarte.

    "Tentei o máximo que eu podia, mas realmente não consegui ir bem na prova e fiquei bem além dos meus melhores tempos... Perdi para mim mesmo", disse Cielo após a disputa, que era sua última chance de classificação para os Jogos em casa.

    "Faz parte do esporte. Algumas horas dão certo, outras nem tanto. Infelizmente esse último um ano e meio eu não nadei bem. O que aconteceu hoje não é novidade pra mim, tenho nadado mal há um certo tempo."

Mesmo adotando a estratégia de abandonar os 100m livre para guardar energias para os 50m, Cielo finalizou a prova em terceiro lugar, com tempo de 21s91. Bruno Fratus venceu o troféu Maria Lenk com 21s74 e Italo Duarte ficou em segundo com 21s82.

    Cielo, único campeão olímpico brasileiro de natação, ganhou medalha de ouro nos 50m e bronze nos 100m estilo livre nos Jogos de Pequim, em 2008, e foi bronze também nos 50m na Olimpíada de 2012, em Londres. Ele também é tricampeão mundial dos 50m livre e o recordista mundial da prova (20s91).

    No entanto, o nadador falhou nas últimas competições. Cielo, de 29 anos, abandonou em 2015 o Mundial de Kazan em decorrência de uma lesão no ombro com apenas um 6º lugar nos 50m borboleta. Na volta às disputas em dezembro, ele terminou apenas em 11º lugar.

    Para o campeão do evento do Rio, Bruno Fratus, de 26 anos, a ausência de Cielo representa a renovação do esporte, mas também mostra a força e boa preparação de Ítalo.   Continuação...

 
Cesar Cielo após prova dos 50m livre no Troféu Maria Lenk. 20/4/16.  REUTERS/Sergio Moraes