28 de Abril de 2016 / às 18:32 / um ano atrás

Hamilton admite que vantagem de Rosberg na temporada "é grande coisa"

Hamilton chega ao GP da Rússia em Sochi. 28/4/16. REUTERS/Maxim Shemetov

SOCHI, Rússia (Reuters) - O tricampeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton ainda não perdeu a liderança de uma temporada para seu companheiro de Mercedes, Nico Rosberg, mas não está nem perto de subestimar o desafio que terá pela frente neste ano.

Vendo Rosberg 36 pontos à sua frente depois de vencer as três primeiras corridas da atual campanha, que somadas lhe concederam 75 pontos, o britânico rejeitou nesta quinta-feira as insinuações de que a diferença não é grande coisa.

“Não encaro isso com leviandade e não encaro como se não fosse grande coisa. É uma grande coisa”, afirmou ele aos repórteres às vésperas do Grande Prêmio da Rússia.

“São 36 pontos. É uma corrida e mais um pouco... não encaro isso pensando ‘ah, não é nada’. É uma ladeira íngreme para se subir.”

Olhando pelo lado positivo, em 2014 Hamilton superou uma defasagem de 29 pontos em relação a Rosberg, e esta temporada será a mais longa da história, com 21 provas. Ainda há 18 pela frente, incluindo uma série de circuitos onde ele dominou em outras ocasiões.

A Rússia, que estreou no calendário dois anos atrás, depois de sediar a Olimpíada de Inverno no mesmo local da corrida de domingo, dará a Hamilton uma grande chance de diminuir a vantagem de Rosberg, já que ele venceu ali em 2014 e 2015.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below