Obras quase finalizadas diminuem pressão sobre Olimpíada, diz ministro

segunda-feira, 9 de maio de 2016 17:29 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os Jogos Olímpicos estão quase prontos e as obras essenciais foram finalizadas com antecedência, diminuindo a pressão sobre o evento, em meio a um cenário de turbulência política, disse o ministro do Esporte, Ricardo Leyser, nesta segunda-feira.

Leyser, que assumiu o cargo durante negociações políticas que aconteceram dias antes da votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, em abril, declarou que a infraestrutura dos Jogos e as arenas esportivas estão praticamente finalizadas.

“As entregas estão prontas, ainda teremos dias intensos, mas o ministério ainda continuará trabalhando intensamente", disse ele após participar de um evento que marcou o início das operações do Laboratório Brasileiro de Controle de Dopagem, no Rio de Janeiro.

Ao ser questionado se ficaria no cargo em um eventual novo governo comandado pelo atual vice-presidente, Michel Temer, Leyser afirmou que não poderia falar de especulações ou analisar suposições.

“Não dá para trabalhar com hipóteses; trabalhamos um dia após o outro no ministério. Temos que esperar e ter calma”, declarou ele. “O importante é que conseguimos fazer os Jogos com antecedência e isso seria, em um quadro de crise política, uma situação mais complicada. Estamos na fase em que estamos passando o bastão para as entidades que tem que operar."

O ministro do Esporte ressalou que o Brasil aprendeu a tecnologia de como organizar grandes eventos esportivos após sediar o Pan de 2007 e a Copa do Mundo de 2014. “Temos o cronograma mais na mão que em outros eventos”, afirmou.

“Estamos numa boa condição hoje para os Jogos; sem atraso com pessoas qualificadas e com muito menos pressão sobre a direção do processo”, completou Leyser.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

 
Autoridades em laboratório de controle de doping no Rio de Janeiro. 9/5/2016. REUTERS/Ricardo Moraes