Natação dos EUA muda local de treino de Porto Rico por preocupação com Zika

sexta-feira, 20 de maio de 2016 15:24 BRT
 

(Reuters) - A natação dos Estados Unidos mudou o local de treinamento de Porto Rico para Atlanta devido a preocupações sobre o Zika vírus, mas demonstrou confiança nas precauções tomadas pelo Brasil para a Olimpíada de agosto.

A equipe dos EUA, que originalmente iria para Porto Rico após treinamento de 11 a 21 julho em San Antonio, agora vai realizar essa segunda fase no centro aquático da Georgia Tech, que recebeu a competição de natação durante os Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996.

"O Zika está definitivamente vivo em Porto Rico e não há nenhuma razão para expor os nossos atletas", disse o diretor da equipe nacional de natação dos EUA, Frank Busch, à Reuters nesta sexta-feira.

"Eu não ouvi quaisquer atletas. Isso foi feito estritamente de acordo com o que eu achava que era a melhor coisa para nossos atletas."

A decisão ocorre duas semanas após a Liga de Beisebol ter realocado jogos de Porto Rico, devido a preocupações crescentes entre os jogadores sobre o Zika vírus na região.

O Zika tem sido associado à microcefalia em bebês, uma má-formação cerebral, e atingiu mais de 40 países, sendo o Brasil o mais afetado, o que despertou alertas para os Jogos Olímpicos do Rio, de 5 a 21 de agosto.

Busch disse que esteve recentemente no Brasil, notou a ocorrência de pulverização e está confiante de que as devidas precauções estão sendo feitas.

"Neste momento, eu acho que todo mundo se sente muito bem sobre as precauções que o Brasil tem tomado", afirmou Busch.

(Reportagem de Frank Pingue em Toronto)