Kroos sai da sombra de colegas do Real e brilha na Euro 2016

terça-feira, 24 de maio de 2016 10:01 BRT
 

Por Karolos Grohmann

BERLIM (Reuters) - Toni Kroos costumava ficar na sombra de outros jogadores, tanto nos clubes onde jogou como na seleção da Alemanha, mas a Euro 2016 parece ser a competição na qual o talentoso meia finalmente interpretará o papel de protagonista.

Durante seus anos vitoriosos no Bayern de Munique, Kroos sempre foi eclipsado pelas figuras dominantes da equipe, como Bastian Schweinsteiger e Philipp Lahm.

O goleiro Manuel Neuer e o zagueiro Jérôme Boateng acumularam mais elogios que o modesto Kroos, cujas contribuições nos jogos do Bayern nem sempre foram reconhecidas de imediato.

O mesmo aconteceu quando ele chegou ao Real Madrid, onde outros colegas se destacaram, como os atacantes Karim Benzema, Gareth Bale e Cristiano Ronaldo, garantindo lugares cativos na escalação até Kroos ser acolhido pela equipe espanhola em 2014.

Mas o jogador de 26 anos e campeão mundial na Copa do Mundo de 2014 se impôs como o cérebro do Real Madrid, atualmente comandado por Zinedine Zidane, e chegou à final da Liga dos Campeões com estatísticas incríveis, entre elas um índice de finalização de 90 por cento em cerca de mil passes.

Esta cifra chega a 94 por cento quando se computam os 2.300 passes que ele deu durante o Campeonato Espanhol.

"Ele pode marcar toda uma época no Real Madrid", disse Zidane a respeito de Kroos, que melhorou durante sua gestão e que transborda controle e confiança para mostrar o caminho e ditar o ritmo do jogo.

 
Meia alemão Toni Kroos durante amistoso contra Itália.     29/03/2016        REUTERS/Michael Dalder