Ricciardo é o mais rápido em treinos do GP de Monaco cheio de batidas

quinta-feira, 26 de maio de 2016 14:43 BRT
 

MONACO (Reuters) - O piloto australiano da Red Bull Daniel Ricciardo foi o mais rápido no treino preparatório de quinta-feira para o Grande Prêmio de Monaco, no qual vários acidentes e a tampa de bueiro solta voltaram a atenção sobre a segurança na Fórmula 1.

Ricciardo fez a volta mais rápida com 1 minuto e 14,607 segundos, 0,606 mais rápido que a Mercedes do tricampeão mundial Lewis Hamilton, enquanto o líder do campeonado Nico Rosberg foi terceiro.

Hamilton tinha sido o mais rápido na parte da manhã com uma volta de 1:15,537, na semana de estreia dos novos pneus ultramacios da Pirelli.

O britânico, que colidiu com Rosberg na Espanha há 11 dias e encontra-se 43 pontos atrás do alemão depois de cinco corridas, busca se aproximar do concorrente, mas Ricciardo poderia ser uma ameaça para ambos.

Uma série de acidentes forçou o carro de segurança entrar na pista por três vezes na parte da manhã antes de a sessão ser encerrada, quando uma tampa de bueiro solta danificadou os carros de Rosberg e Jenson Button, da McLaren.

O brasileiro Felipe Massa, que foi seriamente ferido na cabeça por um objeto no Grande Prêmio da Hungria, há alguns anos, chocou-se com sua Williams contra as barreiras na primeira curva Sainte Devote.

E o estreante britânico Jolyon Palmer, da Renault, colidiu com outra curva. Seu companheiro de equipe, Kevin Magnussen, também colidiu no período da tarde.

As bandeiras de advertência amarelas também foram mostradas quando a Sauber do brasileiro Felipe Nasr saiu da pista. O indonésio Rio Haryanto bateu seu Manor na segunda sessão, na saída do túnel, mas não se feriu no incidente.

(Por Alan Baldwin)