Estado Islâmico tem Euro 2016 como alvo, diz chefe de espionagem alemã

sexta-feira, 27 de maio de 2016 16:55 BRT
 

BERLIM (Reuters) - Militantes do Estado Islâmico estão visando a Euro 2016, o campeonato europeu de futebol, embora no momento não haja indícios concretos de que um ataque esteja sendo planejado, disse o diretor da agência de inteligência nacional da Alemanha.

Os comentários de Hans-Georg Maassen, chefe do Escritório Federal para a Proteção da Constituição alemão, surgiram depois de o chefe de espionagem da França ter dito que combatentes do grupo radical estão se preparando para uma campanha de ataques a bomba contra grandes multidões em solo francês.

A França, onde militantes mataram 130 pessoas em ações coordenadas em cafés, bares, um estádio de futebol e uma casa de show de Paris em novembro do ano passado, irá sediar a Euro 2016, que ocorre entre 10 de junho e 10 de julho em arenas de todo o país.

"Sabemos que o Campeonato Europeu está na mira do Estado Islâmico", afirmou Maassen ao jornal Rheinische Post.

Ele disse que, embora não haja provas claras de que um atentado esteja sendo arquitetado, houve "muito ruído de fundo, um número elevado de indicações" de que os extremistas sunitas, a Al Qaeda ou sua filiada síria, a Frente Al-Nusra, querem perpetrar ataques contra alvos ocidentais.

Cerca de 2,5 milhões de torcedores são esperados nas 51 partidas entre 24 times. Também haverá "áreas de torcedores" com telões em grandes cidades.