Após surpreender o mundo, Verstappen vai largar na última fileira em Mônaco

sábado, 28 de maio de 2016 18:20 BRT
 

Por Alan Baldwin

MÔNACO (Reuters) - O holandês Max Verstappen sentiu na pele o que são os altos e baixos de um piloto iniciante no treino classificatório para o Grande Prêmio de Mônaco, neste sábado, duas semanas depois de se tornar o mais jovem vencedor de uma prova de Fórmula 1 na história.

O piloto de 18 anos, que ganhou na Espanha em sua estréia na Red Bull, vai largar na última fila do grid na corrida deste domingo depois de bater na saída da piscina na primeira fase de qualificação.

Seu companheiro de equipe, o australiano Daniel Ricciardo, que tinha a vantagem de correr com um motor mais potente, conquistou a pole position.

"Foi muito simples. Fiz a curva um pouco cedo demais, toquei a barreira interna e quebrei as barras de pista. Eu não podia controlar mais o carro, então fui direto para o guard-rail", disse Verstappen.

Com os destroços, foi dada a bandeirada vermelha.

"Talvez depois da chicane eu posso ter subestimado o controle que tinha do carro", acrescentou.

O piloto, cuja calma impressiona muita gente no esporte, disse que o acidente era típico da pista, onde sucesso e fracasso são medidos em milímetros e em frações de segundo.

"Essas coisas acontecem, especialmente em Mônaco. Se você contar as falhas ao longo dos últimos anos, foram muitas. Infelizmente, isso aconteceu comigo no treino classificatório logo após uma vitória em Barcelona", disse ele.   Continuação...