Serena Williams volta à boa forma, mas não consegue arrematar Aberto da França

sábado, 4 de junho de 2016 14:55 BRT
 

Por John Stonestreet

PARIS (Reuters) - A verdadeira Serena Williams finalmente apareceu no Aberto da França neste sábado, buscando seu 22º título de grand slam, mas não conseguiu superar uma tenaz oponente que a superou em seu próprio estilo de jogo.

Em contraste com suas apagadas partidas de quartas de final e de semifinal, nas quais suou para superar duas jogadoras que estão fora do Top 50 do mundo, a norte-americana parecia mais agressiva ao trocar fortes golpes com a espanhola Garbiñe Muguruza.

O retorno dos gritos após pontos fundamentais, marca registrada de Serena, também indicou uma abordagem mais focada durante seu quarto dia seguido dentro de quadra.

Muguruza venceu com parciais 7-5 6-4, impedindo que Serena chegasse ao nível de conquistas da lendária Steffi Graf.

Serena havia dito, anteriormente, que via esse patamar com indiferença, dizendo a repórteres na sexta-feira que "não há nada que eu possa fazer quanto a isso". 

Mas sua comprometida atuação na final deste sábado sugeriu que ela possa se importar mais com isso do que está disposta a admitir. 

No fim, a melhor jogadora venceu e Williams negou sugestões que, após uma derrota em janeiro para a alemã Angelique Kerber na final do Aberto da Austrália, a pressão em chegar ao seu 22º grand slam possa estar afetando seu desempenho. 

"Eu acho que, na Austrália… Kerber fez 16 erros em três sets… então o que você faz nessa situação? Hoje, Garbiñe jogou de maneira inacreditável", disse Williams a jornalistas. "A única coisa que posso fazer é continuar tentando".