Brasil é eliminado da Copa América com gol polêmico do Peru

segunda-feira, 13 de junho de 2016 07:11 BRT
 

(Reuters) - Um gol polêmico de Raúl Riudíaz deu ao Peru uma vitória por 1 x 0 sobre o Brasil em Foxborough, na região de Boston, na noite de domingo, eliminando a seleção brasileira ainda na primeira fase da Copa América Centenário realizada nos Estados Unidos.

O atacante peruano aparentemente usou a mão para marcar aos 29 do segundo tempo, e o gol só foi confirmado pelo árbitro após uma pausa para conversar com assistentes por rádio.

Imagens da TV mostraram Ruidíaz sorrindo irônicamente após a confirmação do gol, mas jogadores brasileiros expressaram raiva com a decisão, que eliminou o Brasil do torneio na fase de grupos pela primeira vez desde 1987.

"Vimos a bola bater na mão dele, mas não podemos reclamar", disse o zagueiro Miranda a repórteres. "(O árbitro) disse que discutiu com quatro auxiliares e que não viram mão".

"O Brasil tentou marcar desde o primeiro minuto, mas a bola não entrou, infelizmente, o futebol é assim. Se você não marca, você paga por isso".

O resultado colocou o Peru na liderança do Grupo B e eliminou o Brasil, que caiu para terceiro lugar, atrás do Equador, no torneio que está sendo jogado nos Estados Unidos para celebrar o centenário da Conmebol e Copa América.

O técnico da seleção brasileira, Dunga, rejeitou sugestões de que uma eliminação precoce no torneio possa custar seu emprego, dizendo a repórteres que só tem medo da morte e não do desemprego.

"Só tenho medo da morte, não tenho medo disto", disse, quando perguntado se tinha temores sobre perder o comando da equipe.

"Quando você não conquista resultados, as pessoas se tornam menos tolerantes. Por muito tempo o Brasil ganhou bastante até 1970. E então de 1994 até 2002 ganhamos muito, então os brasileiros se acostumaram com vitórias. Nós estamos em um período de transição e precisamos ser pacientes".

 
Volante brasileiro Elias durante a derrota contra o Peru na Copa América. 12/06/2016 Winslow Townson-USA TODAY