Golfista número 2 do mundo diz estar animado para Rio 2016 apesar de preocupações com Zika

terça-feira, 14 de junho de 2016 12:40 BRT
 

(Reuters) - O golfista norte-americano Jordan Spieth, número 2 do mundo, minimizou temores de que o Zika vírus possa afetar sua participação nos Jogos Rio 2016, acrescentando que está ansioso para a "tremenda honra" de representar seu país no Brasil.

O norte-americano de 22 anos, que irá defender seu título do Aberto dos Estados Unidos nesta semana em Oakmont, ainda não tinha confirmado sua presença na Olimpíada por temores relacionados ao Zika vírus, que possui ligação com casos de má-formação congênita em bebês.

Com a volta do golfe às Olimpíadas após 112 anos, Spieth disse estar satisfeito com as informações dadas pelo PGA Tour, o circuito dos golfistas profissionais, a respeito do vírus.

"Com base no que tive conhecimento até este ponto, parece que será uma experiência extremamente memorável", disse Spieth a repórteres durante entrevista coletiva na segunda-feira. "Estou ansioso para tentar ganhar um ouro para os Estados Unidos".

O golfista número 1 do mundo, Jason Day, já expressou dúvidas sobre sua participação nos Jogos Rio 2016, que têm início em 5 de agosto, por temores ligados ao Zika vírus.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que há forte consenso científico que o Zika também pode causar Guilain-Barré, uma rara síndrome neurológica que causa paralisia temporária em adultos.

(Reportagem de Nivedita Shankar, em Bengalore)

 
Golfista Jordan Spieth durante entrevista coletiva.  13/06/2016      Kyle Terada-USA TODAY Sports