Obra em arena olímpica do vôlei de praia é retomada após fim de embargo

quarta-feira, 15 de junho de 2016 12:09 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Operários voltaram a trabalhar nesta quarta-feira na arena de vôlei de praia que está sendo montada em Copacabana para os Jogos Rio 2016, depois que os responsáveis pela instalação conseguiram reverter um embargo decretado na semana passada por falta de licenciamento ambiental.

Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Rio, o comitê organizador Rio 2016, responsável pela estrutura temporária na praia, apresentou os documentos exigidos para suspender o embargo, que fora decretado na sexta-feira, e permitir a liberação da obra.

Apesar da liberação, o processo de licenciamento ambiental ainda continua em análise pela prefeitura, de acordo com a secretaria.

“O processo de licenciamento continua. Eles entregaram os documentos que estão sendo analisados... o documento do fim do embargo foi assinado ontem e os trabalhadores puderam voltar, como manda a legislação”, informou uma assessora da secretaria.

Na reta final para a Olimpíada, que começará em 5 de agosto, o Rio de Janeiro ainda enfrenta alguns problemas na preparação. O Estado aguarda a liberação de quase 1 bilhão de reais do governo federal para conseguir concluir a obra da linha 4 do metrô, e também há atraso na obra do Velódromo Olímpico.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

 
Montagem da arena olímpica do vôlei de praia, em Copacabana. 13/06/2016  REUTERS/Ricardo Moraes