Prefeitura do Rio entrega Vila Olímpica da Rio 2016 e recebe elogios do COI

quarta-feira, 15 de junho de 2016 15:31 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, entregou nesta quarta-feira ao Comitê Rio 2016 as instalações da Vila dos Atletas para os Jogos Rio 2016 em cerimônia com a presença do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach.

Bach expressou satisfação com "uma das melhores Vilas Olímpicas", e indicou que o local será palco de exemplos do "espírito olímpico".

"Esta é definitivamente uma das vilas olímpicas mais bonitas que já vi. Esta Vila Olímpica será onde o coração dos Jogos Rio 2016 vai bater", disse o dirigente alemão.

"É desta Vila Olímpica que as mensagens dos Jogos Olímpicos irão aos cariocas, para todos os brasileiros, para o mundo. Nesta Vila Olímpica os atletas que estão enfrentando as competições mais duras de suas vidas, ao mesmo tempo irão viver em paz juntos".

Para Bach, a vila também irá servir para integrar atletas de diferentes nações e culturas. Durante os Jogos, que acontecem de 5 a 21 de agosto, quase 20 mil pessoas, entre atletas e membros de delegação, vão ficar hospedados no local.

"Eles irão se preparar para as competições, mas ao mesmo tempo irão comer juntos, irão conversar, irão celebrar juntos e fazendo isto, irão enviar uma mensagem de respeito e paz para todo o mundo", disse.

Dividida em 31 prédios de 17 andares, totalizando 3.500 apartamentos, a Vila dos Atletas foi construída totalmente com investimentos da iniciativa privada, com financiamento da Caixa Econômica Federal.

A infraestrutura da vila, de responsabilidade da prefeitura do Rio, foi incluída no projeto de Parceria Público Privada que viabilizou a construção de grande parte do Parque Olímpico, também na Barra da Tijuca, que reúne arenas esportivas dos Jogos.

"Aqui não tem dinheiro público. Mais uma vez nós conseguimos viabilizar a construção dessa vila com recursos privados", disse Paes. "As condições de financiamento feitas aqui são exatamente as mesmas feitas para qualquer condomínio na Barra da Tijuca, ou em São Paulo, ou em Recife, ou seja lá onde for. Não há incentivo, nenhum tipo de estímulo. É um empreendimento de muita ousadia".   Continuação...

 
Presidente do COI, Thomas Bach, e prefeito do Rio, Eduardo Paes, na Vila Olímpica dos Jogos Rio 2016. 15/06/2016 REUTERS/Sergio Moraes