Associação internacional de atletismo mantém suspensão contra Rússia, diz agência

sexta-feira, 17 de junho de 2016 17:21 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) decidiu nesta sexta-feira manter a suspensão imposta a todos os atletas russos da modalidade devido a um escândalo de doping, afirmou a federação russa de atletismo, deixando as esperanças do país de participar dos Jogos Rio 2016 nas mãos de dirigentes olímpicos que vão se reunir na próxima semana.

O Conselho da IAAF se reuniu em Viena para decidir se retiraria a suspensão imposta contra a Rússia após ouvir de uma força-tarefa encarregada de analisar a questão que problemas significativos de doping ainda existem na Rússia. A suspensão foi imposta inicialmente em novembro e renovada em março.

Segundo a agência de notícias Tass, o ministro dos Esportes da Rússia, Vitaly Mutko, afirmou que a decisão da IAAF de manter a suspensão ao atletismo russo já era esperada, e que a Rússia definitivamente irá reagir à decisão.

A suspensão inicial, em novembro, foi imposta após a divulgação de um relatório de uma comissão independente da Agência Mundial Antidoping (Wada) que revelou um amplo esquema de doping apoiado pelo Estado russo.

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, foi questionado este mês se o COI poderia reverter a suspensão da IAAF em uma reunião em 21 de junho sobre os Jogos Olímpicos, e respondeu apenas que não poderia "especular".

"Essa reunião no dia 21 será para proteger os atletas limpos e garantir um campo de jogo equilibrado para todos os atletas no Rio", afirmou.

(Reportagem de Jack Stubbs)

 
Presidente da IAAF, Sebastian Coe em reunião em Viena
 17/6/ 2016  REUTERS/Leonhard Foeger