Croácia e Turquia enfrentam ação disciplinar na UEFA após tumultos causados por torcedores

sábado, 18 de junho de 2016 11:29 BRT
 

Por Julien Pretot

PARIS (Reuters) - A UEFA informou no sábado que abriu um procedimento disciplinar contra as federações de futebol da Croácia e da Turquia por conta de tumultos de torcidas durante dois jogos da Euro 2016 na França, nesta semana.

As entidades podem enfrentar sanções após torcedores terem “jogado objetos e acendido fogos de artifício” durante as partidas de sexta-feira. Uma audiência sobre os tumultos acontecerá na segunda-feira, informou em comunicado a entidade que administra o futebol europeu. 

A Croácia enfrenta acusações adicionais, sob alegação de “comportamento racista”, ao passo que a Turquia enfrenta acusações relacionadas a invasão de campo por torcedores. 

Os incidentes aconteceram quando a Turquia enfrentou a Espanha em Nice e durante o confronto da Croácia com a República Tcheca em Saint-Etiénne —os mais recentes tumultos envolvendo torcedores no torneio.  

A partida de sexta-feira em Saint-Etiénne foi paralisada por vários minutos após torcedores croatas terem atirado sinalizadores dentro do campo e começado a brigar entre eles. 

Oito sinalizadores e outros objetos caíram dentro do campo perto da tropa de choque da polícia, que havia sido colocada em frente à seção que abrigava os torcedores da Croácia. 

Os problemas começaram nos últimos minutos de um jogo no qual a Croácia ganhava por 2 x 1. O placar final foi 2 x 2.

A Croácia, punida três vezes durante o período de qualificação, já enfrentava anteriormente medidas disciplinares por conta de sinalizadores e invasão de campo por parte de torcedores.

(Reportagem adicional de Mathias Galante, Catherine Lagrange)