Cristiano Ronaldo recebe apoio de técnico para continuar cobrando pênaltis de Portugal

domingo, 19 de junho de 2016 15:36 BRT
 

PARIS (Reuters) - Cristiano Ronaldo continuará a cobrar pênaltis para Portugal, apesar de ter perdido as últimas cobranças tanto por seu clube, o Real Madrid, quanto pela seleção portuguesa, afirmou o técnico Fernando Santos neste domingo.

Ronaldo, artilheiro de todos os tempos de Portugal, perdeu um pênalti no empate de 0 x 0 contra a Áustria no Grupo F da Euro 2016, no sábado, e também não acertou quatro dos últimos cinco pênaltis cobrados por Portugal e Real Madrid.

“Se houver um pênalti no próximo jogo Cristiano Ronaldo irá cobrar e marcar”, disse Santos a repórteres. “Ele está acostumado a marcar gols, é um vencedor e também reage bem quando comete um erro. Isso é o que esperamos dele.”

Ronaldo, que bateu o recorde de 128 jogos por seu país no sábado, tem tido uma Euro 2016 decepcionante até agora, falhando em converter qualquer uma das diversas boas oportunidades de gol. Como resultado, Portugal empatou nos dois jogos que fez.

O lateral-esquerdo Raphael Guerreiro aumentou a pressão sobre Ronaldo para assumir o posto de cobrador oficial de pênaltis e faltas depois de marcar um golaço de bola parada na vitória por 3 x 0 contra a Noruega em amistoso preparatório para a Euro, quando Ronaldo não estava jogando.

“Cristiano sempre quer fazer as cobranças de falta e sempre foi ele quem cobrou”, disse Santos. “Se Raphael não tivesse marcado aquele gol, ninguém estaria falando sobre isso.”

“Jogamos muito bem contra a Áustria sem marcar gols, e temos de continuar com essa atitude. Nós fizemos a Áustria, que está em 10º no ranking mundial, parecer um time pequeno”, acrescentou.

Portugal precisa ganhar da Hungria na quarta-feira para garantir a classificação para a próxima fase.

(Reportagem de Brian Homewood)