COI discute mais ações contra doping antes da Rio 2016

terça-feira, 21 de junho de 2016 10:16 BRT
 

Por Karolos Grohmann

LAUSANNE, Suíça (Reuters) - Entidades de destaque do mundo esportivo se reuniram na sede do Comitê Olímpico Internacional (COI) na manhã desta terça-feira para debater novas formas de reprimir o doping antes da Olimpíada do Rio de Janeiro, em agosto.

O presidente da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF), Sebastian Cole, e o chefe do comitê olímpico da Rússia, Alexander Zhukov, estiveram presentes à reunião, ocorrida quatro dias depois de a IAAF decidir manter a suspensão da equipe de atletismo russa, o que na prática a impede de competir na Rio 2016.

O encontro de membros do COI e de chefes de federações deve servir para se discutir a situação da Rússia e de vários outros países que não estão cumprindo os regulamentos da Agência Mundial Antidoping (Wada). O COI disse que irá debater "a decisão difícil entre a responsabilidade coletiva e a justiça individual".

No sábado, o COI apoiou a decisão da IAAF de prorrogar o banimento russo pela prática sistemática de doping, abalando as esperanças russas de participar dos Jogos do Rio com uma delegação completa.

A IAAF suspendeu a Rússia no ano passado devido aos temores de que seus atletas estivessem praticando a dopagem sistematicamente. Vários países, entre eles México, Etiópia e Quênia, estão em falta com as regras da Wada a menos de dois meses do início da Olimpíada.

 
Estátua vista na sede do COI, em Lausanne.  10/12/2013         REUTERS/Denis Balibouse