Fifa anuncia criação de comitê para administrar associação argentina

sexta-feira, 24 de junho de 2016 18:41 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A Fifa anunciou nesta sexta-feira a criação de um comitê de regulação para administrar as atividades da Associação de Futebol Argentina (AFA), que está imersa em uma profunda crise institucional.

"Este comitê se encarregará de administrar a atividade diária da AFA, revisar seus estatutos para adaptá-los à última versão dos estatutos modelo da Fifa e organizar eleições, a qual terá data limite de 30 de junho de 2017", disse a Fifa.

"O órgão provisório será formado por entre cinco e sete membros, que serão selecionados por uma delegação conjunta que a Fifa e da Conmebol enviarão em breve; o comitê de regularização atuará como comissão eleitoral e nenhum dos membros poderá disputar os cargos que estarão na eleição", acrescentou.

Com a decisão, automaticamente, Luis Segura deixa de ser o presidente da AFA e seu lugar será ocupado pelo secretário-executivo da presidência, Damian Dupiellet, até a convocação das eleições.

Atualmente, Dupiellet é juiz do Juizado de Trabalho em Morón, nos subúrbios de Buenos Aires. Antes ele foi presidente do clube Ituzaingó, das divisões inferiores, e titular da comissão de futebol de areia da AFA.

A AFA entrou em conflito após a morte em 2014 de Julio Grondona, que durante 35 anos comandou o futebol argentino.

(Reportagem de Luis Ampuero)