Governo federal libera ajuda de R$2,9 bi ao RJ para segurança da Olimpíada

quinta-feira, 30 de junho de 2016 10:28 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente interino Michel Temer assinou medida provisória, publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira, que abre crédito extraordinário de 2,9 bilhões de reais ao Estado do Rio de Janeiro para ajudar o governo fluminense a arcar com as despesas de segurança dos Jogos Rio 2016.

O socorro do governo federal ocorre diante da grave crise financeira atravessada pelo Estado, que decretou estado de calamidade pública este mês devido aos problemas econômicos, e em meio a preocupações com a violência e possíveis protestos das forças de segurança locais por falta de pagamento.

A União, no entanto, não atendeu um dos pedidos do governador em exercício do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, de 500 milhões de reais para finalizar as obras da linha 4 do metrô do Rio antes do início da Olimpíada. Segundo o governo federal, o repasse de verbas para segurança poderá liberar recursos do orçamento estadual para que sejam usados na obra do metrô. [nL1N19D289]

O Estado do RJ entrou em colapso financeiro com o crescimento da crise econômica, os problemas enfrentados pela Petrobras e a baixa no preço do petróleo, cujos royalties são responsáveis pela maior parte da arrecadação do Estado.

Além do pedido de ajuda financeira, o governo estadual solicitou ao governo federal um envio adicional de até mais 3 mil homens de tropas federais para a segurança olímpica, que se somariam a um efetivo de 38 mil homens das Forças Armadas em um total de 85 mil agentes de segurança para a Olimpíada.

(Por Pedro Fonseca)

 
Parque Olímpico dos Jogos Rio 2016. 15/06/2016 REUTERS/Sergio Moraes