Contundido, Bolt deve seguir para 200m nas Olimpíadas

sábado, 2 de julho de 2016 16:25 BRT
 

KINGSTON (Reuters) - Usain Bolt continua na disputa para os 200 metros nos Jogos Olímpicos do próximo mês no Rio de Janeiro, apesar de não ter participado da final de uma seletiva de seu país devido a uma lesão, disse neste sábado o chefe da equipe de atletismo da Jamaica.

Bolt, seis vezes medalhista de ouro olímpico, deixou a final dos 100 metros de uma competição na Jamaica, na sexta-feira, por uma contusão na coxa direita.

Embora seu lugar no evento do Rio esteja garantido, uma vez que já atingiu o tempo necessário, há a preocupação de que, por não correr os 200 metros nesta temporada, o recordista mundial possa ser excluído das Olimpíadas, cujo início será em 5 de agosto.

Mas o técnico da Jamaica, Ludlow Watts, disse que a política de seleção da Associação Administrativa de Atletismo da Jamaica (JAAA) permite exceções.

"As regras dizem que se você está classificado entre os três melhores do mundo, seja por classificação ou tempo, pode ser a classificação ou tempo mais rápido", disse Watts.

"E (se) você está indisponível devido a razões médicas, como confirmado pela junta médica da JAAA, e se recuperar a forma pré-lesão, você pode ser reintegrar o time, desde que seja antes do prazo final para a qualificação."

Presidente da Associação Olímpica da Jamaica, Mike Fennell, disse à Reuters que deve receber a lista equipe da JAAA nos próximos sete dias.

Na sexta-feira à noite, Bolt disse que iria "procurar tratamento imediatamente e espera mostrar forma para o aniversário dos Jogos de Londres em 22 de julho e ser selecionado para os Jogos Olímpicos do Rio".

(Por Kayon Raynor)