Líder do partido anti-UE Ukip vai renunciar após saída britânica do bloco

segunda-feira, 4 de julho de 2016 09:57 BRT
 

Por Kylie MacLellan

LONDRES (Reuters) - O líder da legenda anti-União Europeia Partido de Independência do Reino Unido (Ukip, na sigla em inglês), Nigel Farage, disse nesta segunda-feira que vai renunciar depois de ter concretizado sua ambição de vencer o referendo do mês passado, que decidiu pela saída britânica do bloco.

"Eu nunca fui, e nunca quis ser, um político de carreira. Minha meta na política era tirar o Reino Unido da União Europeia", afirmou a repórteres.

"Por isso, sinto que é certo que agora eu deixe o cargo de líder do Ukip", afirmou.

"Durante a campanha do referendo, eu disse 'quero meu país de volta'. O que estou dizendo hoje é 'quero minha vida de volta', e isso começa já."

Não é a primeira vez que Farage entrega a liderança do partido. Ele deixou o posto em maio de 2015 por não ter conseguido uma vaga no Parlamento na eleição geral, mas desistiu da renúncia três dias depois.

Farage, de 52 anos, é membro do Ukip desde seu nascimento, em 1993, e foi eleito ao Parlamento Europeu pela primeira vez em 1999.

 
Líder do Partido de Independência do Reino Unido (Ukip), Nigel Farage, no Parlamento Europeu, em Bruxelas. 28/06/2016 REUTERS/Eric Vidal