Remadores da Rússia vão apelar contra veto por doping na Rio 2016

segunda-feira, 4 de julho de 2016 10:24 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A Federação Russa de Remo pretende apelar ao Tribunal Arbitral do Esporte para contestar a proibição da participação de sua equipe masculina de skiff quádruplo na Olimpíada do Rio de Janeiro de 2016 por doping, relatou a agência de notícias Tass nesta segunda-feira.

Um dos remadores, Sergei Fedorovtsev, forneceu uma amostra de urina para um exame fora de competição realizado pela Agência Russa Antidoping no dia 17 de maio e testou positivo para a substância proibida trimetazidina.

"Os advogados do Comitê Olímpico Russo já começaram a preparar os documentos, iremos entrar com uma apelação no TAS (Tribunal Arbitral do Esporte", teria dito o presidente da RRF, Veniamin But, segundo a Tass.

    O TAS já está mediando esforços para resolver uma desavença entre a Rússia, seus atletas e a Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês) a respeito da participação dos esportistas na Rio 2016.

      (Por Vladimir Soldatkin)