Murray vence Raonic e conquista seu segundo título em Wimbledon

domingo, 10 de julho de 2016 13:46 BRT
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - O britânico Andy Murray conquistou seu segundo título de Wimbledon com uma vitória clínica, por 6/4, 7/6 (3) e 7/6 (2), sobre o sacador canadense Milos Raonic, na Quadra Central, neste domingo.

O número 2 do mundo, campeão em 2013, esteve no controle durante as 2h48min da partida, e os golpes potentes do sexto cabeça de chave Raonic não tiveram muito impacto no escocês de 29 anos.

Murray venceu o primeiro set com uma quebra de serviço no sétimo game, mas teve que disputar o tiebreak no segundo - no qual ele subiu o nível do seu jogo e ganhou confortavelmente.

Raonic, tentando se tornar o primeiro canadense vencedor de Grand Slam, teve seu primeiro break point da partida em 2/2, no terceiro set, mas Murray fugiu do perigo e soltando um alto rugido ao fechar o game.

Raonic confirmou seu serviço duas vezes para se manter na partida, em 4/5 e 5/6, mas Murray novamente cresceu no tiebreak, vencendo os cinco primeiros pontos e encaminhando a vitória.

Raonic salvou um match point, mas Murray fechou a partida ao forçar o canadense a mandar um backhand na rede.

Depois de consolar seu adversário, Murray, que também ganhou o Aberto dos EUA de 2012, afundou a cabeça em sua toalha com lágrimas nos olhos.

A vitória de Murray foi seu terceiro título de Grand Slam e significou que ele evitou ser o primeiro homem a perder as três primeiras finais dos grandes torneios do ano na era profissional - foi derrotado por Novak Djokovic na Austrália e na França.