COI diz que Rio está pronto para receber o mundo na Olimpíada

segunda-feira, 11 de julho de 2016 13:42 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Rio de Janeiro está pronto para receber o mundo durante os Jogos de agosto, afirmou o Comitê Olímpico Internacional (COI)nesta segunda-feira, apesar de a cidade enfrentar preocupações em áreas como segurança e transporte, além de dúvidas recorrentes sobre a qualidade da água da Baía de Guanabara.

A 25 dias da cerimônia de abertura do evento, a presidente da comissão de coordenação do COI para o Rio, Nawal El Moutawakel, disse que a realização dos Jogos representará uma transformação na cidade e deixará um legado que beneficiará o Brasil inteiro por décadas.

"A Rio 2016 está pronta para receber o mundo", disse Nawal em comunicado do COI, após vistoriar instalações olímpicas e ter encontros com representantes do comitê organizador Rio 2016 e autoridades dos três níveis de governo.

"Os brasileiros transformaram a cidade através de uma visão de legado que eles tornaram realidade. Não só ao entregar todas as instalações e serviços a tempo, mas também criando um legado que irá beneficiar cidadãos locais e todo o país por décadas", acrescentou.

O otimismo de Nawal, encarregada pelo COI de acompanhar os preparativos do Rio desde que a cidade foi escolhida como sede dos Jogos em 2009, contrasta com recentes problemas enfrentados pelos organizadores dos Jogos, como atrasos nas obras da nova linha de metrô, incidentes de violência e uma grave crise financeira atravessada pelo governo estadual fluminense.

Projetada para levar o metrô à Barra da Tijuca, que concentra a maior parte das instalações esportivas, a Linha 4 tinha previsão de conclusão no dia 1º de julho, mas atrasos provocados por problemas técnicos na obra e falta de recursos adiaram a abertura para 1º de agosto, apenas quatro dias antes da cerimônia de abertura.

Além disso, operários ainda estão trabalhando dentro e nos arredores do Parque Olímpico, e as autoridades já reconheceram que os trabalhos vão durar até as vésperas do início do evento.

O presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, reconheceu que ainda há bastante trabalho pela frente, mas garantiu o sucesso do evento. "Vamos entregar uma ótima Olimpíada", afirmou.

Sobre a Baía de Guanabara, cuja má qualidade da água é motivo de preocupação para velejadores olímpicos há bastante tempo, o COI disse que Nawal foi atualizada sobre o trabalho de limpeza realizado para os Jogos, e que resultados recentes mostram que a qualidade melhorou.

(Por Caio Saad)

 
Nawal El Moutawakel, durante entrevista à imprensa no Rio de Janeiro,
12/8/2015 REUTERS/Sergio Moraes