Atletas de Israel prestam homenagem a vítimas da Olimpíada de Munique antes da Rio 2016

quarta-feira, 13 de julho de 2016 12:35 BRT
 

TEL AVIV (Reuters) - Atletas e autoridades que irão representar Israel na Olimpíada do Rio no mês que vem realizaram nesta quarta-feira uma homenagem aos 11 israelenses mortos por atiradores palestinos durante os Jogos de Munique de 1972.

Dois integrantes da equipe israelense --a ginasta Neta Rivkin, que será a porta-estandarte de Israel na cerimônia de abertura da Rio 2016-- e o velejador Shahar Tzuberi depositaram uma coroa de flores no monumento do memorial durante a solenidade realizada em Tel Aviv, à qual também compareceram familiares dos mortos.

Em 5 de setembro de 1972, membros da delegação olímpica de Israel foram feitos reféns por palestinos armados pertencentes ao grupo Setembro Negro na Vila Olímpica.

Onze israelenses, cinco palestinos e um policial alemão morreram em um período de 24 horas, depois que um impasse e um esforço de resgate subsequente terminaram em uma troca de tiros.

(Por Reuters Pictures)

 
Velejador Shahar Tzuberi, que vai representar Israel na Rio 2016, deposita coroa de flores no monumento do memorial aos 11 israelenses mortos por atiradores palestinos durante os Jogos de Munique de 1972. 13/07/2016. REUTERS/Amir Cohen